sexta-feira, 13 de março de 2015

Volta Circular "Barragem de Alcântara"

Hoje foi dia de pedaladas fora de portas...pelas 8:30h da manhã, depois das "tralhas" devidamente acondicionadas, eu e a Sandra rumamos até ao pacato "pueblo" de Piedras Albas para darmos início a mais uma das nossa aventuras.
A voltinha há algum tempo planeada, tinha como finalidade circundar um dos maiores lagos artificiais da Europa, o "Embalse de Alcântara".
Saímos de Piedras Albas pouco depois das 9:30h em direcção à Ponte Romana de Alcântara, onde a sua imponência nos obrigou a parar para uns registos fotográficos...seguimos então por uma estradinha municipal em direcção à Mata de Alcântara e Garrovilhas de Alconétar, onde visitamos a sua "Plaza Mayor".
Apesar do vento nos dificultar a progressão, aproximávamo-nos rapidamente de uma das zonas mais bonitas desta passeata, foram cerca de 15km pela EN 630 a ladear a albufeira de Alcântara fazendo a travessia "del Tajo". Mais uns quantos postais e seguimos viagem até Portezuelo onde fizemos paragem para abastecer os motores, pois o motor a Diesel da Sandra já ia na reserva, foi mesmo a tempo, eh,eh...dois belos bocadilhos, um de jamon ibérico e outro de tortilha francesa acompanhados por um par de colas.
Repostas as calorias gastas seguíamos agora a todo o gás e com o nosso amigo vento a dar nas costas até Acehuche o qual atravessamos sem direito a paragem, chegando depois a Ceclavin já com 100Km percorridos, descendo até à ponte do Rio Alagon e subindo até ao cruzamento na EN 521 - Zarza la Mayor.
Apenas 15Km nos restavam para terminarmos este dia de trabalho, os quais foram feitos a bom ritmo, culminando com uma bela botelha de água fresquinha em "Piedras Albas".

Voltinha das boas com cerca de 125Km com 1700mts D+

As fotos para recordar...




























5 comentários:

AC disse...

"Conheço bem esse percurso, pois já o fiz várias vezes. Um regalo para os olhos!!!
Adoro o espírito com que encaram a bicicleta. com o qual me identifico e a cumplicidade com que vocês desfrutam dessas aventuras.
Já dizia o saudoso Raul Solnado . . .viver não custa. Custa é saber viver!!!"
beijo e abraço

FMicaelo disse...

Excelente voltinha amigos! Voçês andam imparáveis! :-)

Rui Tapadas disse...

FMicaelo, é o que eu chamo uma voltinha para lavar as vistas, eh, eh...de vez em quando sabe bem umas pedaladas fora de portas!
Abraço e boas pedaladas

Pinto Infante disse...

boas Rui e Sandra
belas vistas,,aquela ponte caiu, ou nunca chegou a ser acabada?
abraço
Pinto Infante

Rui Tapadas disse...

Boas Pinto Infante, penso que te referes à Ponte Romana de Alconétar, aqui tens:
http://fotosyotrasperegrinascuriosidades.blogspot.pt/2010/02/ruinas-en-la-plata-el-puente-de.html

Abraço.